Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Boletim Coronavirus > Notícias > Instituições educacionais incentivam utilização do AVAH pelos alunos e suas famílias
Início do conteúdo da página

Instituições educacionais incentivam utilização do AVAH pelos alunos e suas famílias

Criado: Terça, 10 de Novembro de 2020, 18h17 | Publicado: Terça, 10 de Novembro de 2020, 18h17 | Última atualização em Quarta, 24 de Fevereiro de 2021, 23h44

A plataforma contribui com o ensino e aprendizagem dos alunos durante a pandemia

WhatsApp Image 2020 11 10 at 08.49.25 2Boas práticas de utilização do Ambiente Virtual de Aprendizagem Hibrída (AVAH) nas instituições educacionais de Goiânia não param. A plataforma, que tem por objetivo contribuir com a criação e disponibilização de espaços diferenciados para o ensino e aprendizagem durante a pandemia da Covid-19, é utilizada desde agosto pelos alunos e suas famílias.

A Escola Municipal Dona Rosa Martins Perim seguiu as orientações da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) e busca incentivar o acesso à plataforma como ferramenta oficial e legal. De acordo com diretor da unidade educacional, Diego Monteiro Silva, o trabalho inicial foi de formação com a comunidade escolar. “Criamos grupos de whatsApp e telegram por agrupamento, onde são postados vídeos e tutoriais. Outro canal de informação foi a realização de reuniões em aplicativos de forma virtual, lives públicas com abordagem do aspecto pedagógico e técnico para as famílias, formação dos professores na instituição por escalonamento, atendimento à comunidade de forma escalonada e disponibilização de atividades para educandos sem acesso a internet e para alunos com necessidades educativas especiais (NEE)”, explicou o diretor.

A professora Poliana Dias da Silva, da Escola Municipal Benedito Soares de Castro, no Conjunto Caiçara, está gostando de utilizar o AVAH. “É uma oportunidade de manter contato com os pais e alunos. Hoje já temos o domínio com a ajuda do grupo diretivo que sempre auxilia nós professores e os pais, que considero primordial para o encaminhamento do nosso trabalho”, ressalta. 

De acordo com Andréa Hayasaki Vieira, coordenadora da Escola Municipal em Tempo Integral (EMTI) Juscelino Kubitscheck de Oliveira, o AVAH é uma possibilidade para novas formas de aprendizagem e conhecimento. “É uma plataforma digital muito importante neste momento em que as aulas foram suspensas. Uma das vantagens é autonomia na organização de horários por parte da família, respeitando o ritmo de cada aluno na execução das atividades”, comenta.

Lucimar de Macedo é mãe de Isabele Ribeiro de Macedo, que estuda na turma de primeiro ano da EMTI Juscelino Kubitscheck de Oliveira, reconhece o trabalho da instituição junto às famílias. “Agradeço a dedicação e preocupação com a aprendizagem de todas as crianças. Os professores estão de parabéns, pois não é fácil em meio a uma pandemia reunir todos e a escola está empenhada em desenvolver o ensino de nossas crianças”, conta a mãe.

 

Daniela Rezende, editoria de Educação e Esporte

registrado em:
Fim do conteúdo da página