Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Cmei Oriente Ville recebe famílias com música ao vivo, flores e muito amor
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cmei Oriente Ville recebe famílias com música ao vivo, flores e muito amor

Cantando Vivências é um projeto que aproxima a família da instituição e dá voz às crianças com várias atividades

  • Publicado: Sexta, 10 de Maio de 2019, 14h46
  • Última atualização em Sexta, 10 de Maio de 2019, 14h46

Oriente cantandoA manhã desta sexta-feira,10, começou mais acolhedora para as famílias que levaram suas crianças ao Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Oriente Ville. Todos foram recebidos com flores, música ao vivo com o cantor Thiago Chiba, coral das crianças e muito carinho de toda equipe. A ação é fruto do projeto Cantando Vivências, iniciativa das professoras Leilynnay Jorge, Rayane Sinimbu e Camila Xavier, responsáveis pelo agrupamento de quatro anos.

A professora Leilynnay conta que o projeto foi criado a partir da pergunta de uma criança: “quando será a minha vez de falar”? Diante dessa fala, a docente percebeu que seria necessário dar voz a essas crianças porque elas sempre têm algo a relatar, o que torna o trabalho pedagógico significativo. “Ele (o projeto) vem abarcar isso, a gente aprofundar aquilo que é significativo para a criança, dar fala a elas, as atitudes e promover vivências que muitas não terão em casa. Nós vamos oportunizar aqui na medida do possível”, afirma.

Rayane Sinimbu, professora parceira no projeto, ressalta a importância dessas experiências e explica que englobam também a família, em ações como passear, brincar e estar dentro da instituição. Ah, e quanto ao cantar, a educadora esclarece que os alunos “gostam muito de música e interagem com grande interesse e, assim, trazemos as vivências de forma leve, tranquila e cantada”. Estão previstos, ao longo do ano, outros momentos de interação entre família e instituição, como piquenique no parque, contação de história, entre outros.

Rhaymara Tavares, mãe do pequeno João Miguel tavares, 4 anos, ficou muito satisfeita com a acolhida e o projeto em que o filho está envolvido. De acordo comoriente cantando 2 ela, o momento de interação foi muito interessante e, quanto ao filho, “estava muito empolgado, querendo cantar porque eles se soltam mais, perdem a vergonha de cantar em público”. A mamãe, orgulhosa, fez questão de mencionar que a apresentação ficou ótima e já quer a continuidade das ações. “Tomara que eles continuem fazendo esses projetos, para as crianças se desenvolverem ainda mais”, declarou.

O Cantando Vivências faz parte de uma iniciativa maior, o Projeto Institucional: “Gentileza gera Gentileza”. O objetivo é estreitar a relação entre famílias e instituição em uma perspectiva harmoniosa onde os laços de confiança se estabeleçam, oferecendo a participação efetiva nas ações desenvolvidas com as crianças. Além disso, é oferecida a oportunidade de pais e responsáveis conhecerem o trabalho desenvolvido pelos profissionais da unidade que atende 306 crianças, de seis meses a cinco anos, em tempo integral.

Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte
Fotos: Aline Cavalcanti

registrado em:
Fim do conteúdo da página