Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Educação Municipal lança projeto que amplia ensino de robótica nas escolas
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Educação Municipal lança projeto que amplia ensino de robótica nas escolas

Projeto Makers é desenvolvido em parceria com a Sedetec e visa capacitar professores da rede na inserção da robótica em sala de aula

  • Publicado: Terça, 09 de Abril de 2019, 14h27
  • Última atualização em Terça, 09 de Abril de 2019, 14h27

Projeto MakersA animação Os Jetsons trazia, ainda na década de 60, previsões futurísticas de robôs executando tarefas variadas, como serviços domésticos, facilitando a vida do homem. Mais de cinquenta anos depois, a robótica há muito saiu das telas de cinema e desenhos para a vida real, invadindo diversas esferas cotidianas. No ambiente educacional, não seria diferente e as escolas da rede municipal estão totalmente inseridas neste contexto! A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec) lança o Projeto Makers, iniciativa para capacitação de professores no ensino da robótica. A solenidade acontece nesta quarta-feira, às 16h, no Salão Nobre do Paço Municipal de Goiânia.

O Projeto Makers – Robótica Educacional tem, por objetivo, capacitar e oferecer suporte aos professores da Rede Municipal de Educação (RME) para inserir atividades deste tema em diversas disciplinas, como Matemática, Geografia e Física. Num primeiro momento, 32 profissionais, entre professores e apoio técnico da Rede, foram divididos em duas turmas para um curso de formação. Para a operacionalização do projeto, foi desenvolvida uma capacitação ministrada por alunos e professores da UFG (Pequi Mecânico) e IFG (Datum). As atividades iniciaram no dia 21 de março com previsão de encerramento no dia 12 de abril.

Ao todo, serão cinco encontros de quatro horas, totalizando 20 horas de formação para duas turmas. Ao final, 16 professores receberão acompanhamento dos instrutores voluntários da UFG e do IFG, realizando visitas semanais durantes dez semanas nas 14 escolas. A solenidade desta quarta-feira contará com a presença dos professores Edward Madureira e Jerônimo Rodrigues, reitores da Universidade Federal de Goiás (UFG) e Instituto Federal de Goiás (IFG), respectivamente, além do presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese), todos parceiros do programa. Na ocasião, será feita a entrega simbólica dos kits de robótica para uma das unidades participantes, a Escola Municipal Marechal Ribas Júnior. A entrega final acontece no dia 22 de abril, após a finalização do curso.

No encerramento do semestre, haverá uma competição entre as equipes formadas, preparando os alunos da Rede Municipal para futuras competições da área, como a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), por exemplo. Deste modo, os alunos se interessam pela tecnologia e, com as parcerias formadas, é possível levá-los a novos conhecimentos, estimular o pensamento crítico e criativo para a vida escolar e profissional.

A robótica na SME

A robótica criativa já está presente em escolas da rede e a SME tem, entre seus objetivos expandir, ao máximo, o seu ensino para que mais alunos tenham acesso a esse conhecimento que vem ganhando espaço no mercado atual. Em busca de desenvolver conhecimentos básicos de mecânica, cinemática, hidráulica, informática e inteligência artificial, são utilizados recursos pedagógicos para que se estabeleça um ambiente escolar agradável.

 

Texto: Sedetec, Luciana Gomides e Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte 

registrado em:
Fim do conteúdo da página