Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Ampliadas mais 60 vagas na Educação Infantil de Goiânia
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ampliadas mais 60 vagas na Educação Infantil de Goiânia

Prefeito Iris Rezende e secretário Marcelo Costa inauguram três salas modulares com novas vagas em Cmei da capital

  • Publicado: Segunda, 08 de Abril de 2019, 18h04
  • Última atualização em Segunda, 08 de Abril de 2019, 18h04

salas modu minervinaA Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), inaugurou nessa segunda-feira, 08, três salas modulares no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Minervina Maria Sousa, no setor Recanto das Minas Gerais. A implantação das salas garante 60 novas vagas para a Educação Infantil. A solenidade de inauguração ocorreu com a presença do prefeito Iris Rezende, do secretário municipal de Educação e Esporte, Marcelo Costa, pais, responsáveis e vereadores.

O prefeito Iris Rezende disse que a sua missão é trabalhar por uma Goiânia melhor. “Nos dois próximos anos, se nós não conseguirmos zerar o número de alunos fora das salas de aula de zero a seis anos, nós vamos, pelo menos, quase alcançar o número de vagas suficientes. Além da construção e ampliação de Cmeis, escolas passaram por reformas e também foram construídas 25 escolas de ensino fundamental em tempo integral para oferecer segurança àquela criança de 6 a 14 anos cujas mães precisam trabalhar fora durante o dia”, afirmou.

O Cmei Minervina Maria Sousa passa a atender com essa inauguração 232 crianças de seis meses a 3 anos e 11 meses, em tempo integral. Outras 25 salas foram implantadas em Cmei e escolas só no primeiro trimestre de 2019, totalizando mais de 1.300 novas vagas oferecidas para a população. A implantação das salas representa um planejamento estruturado desde 2017 e o comprometimento com a melhoria da Educação em Goiânia.

Para a diretora Elisvânia da Cunha a ampliação de vagas veio concretizar um sonho, já são mais de cinco anos lutando por isso, no sentido de oferecer à comunidade a oportunidade de ter suas crianças matriculadas numa unidade que vem sendo referência na oferta da educação infantil pública de qualidade da região. “todos querem que as crianças tenham a oportunidade de vivenciar nesse espaço de formação tão propício à aprendizagem'.

As salas modulares são uma opção rápida e de custo reduzido que consistem em estruturas feitas de aço de alta resistência, com paredes de painel isotérmico, que portam sistemas elétricos, lógicos, hidráulicos e de refrigerações normatizadas pelos órgãos de vigilância responsáveis. As salas se mostram uma ferramenta eficaz na criação de novas vagas na rede municipal de Educação, agilizando o atendimento à população.

Paulo Marçal, Engenheiro Mecânico e técnico responsável pela estrutura e implantação das salas modulares, explica que não se trata de contêiner. 'Hoje isso é muito confuso no mercado. É um projeto de fato de engenharia, na concepção do projeto usamos materiais isotérmicos para garantir conforto térmico e acústico do usuário, aqui são crianças, então a gente garante um ambiente adequado para o ensino. Os pais podem ficar completamente tranquilos que é um produto de engenharia que garante toda segurança, conforto e durabilidade”, afirmou.

“A cada ampliação de escola, a cada vez que nós aumentamos o número de vagas, nos causa uma satisfação enorme, a mim e à nossa equipe da secretaria da Educação, porque nós tivemos uma ordem do prefeito assim que começou, ele disse que nós temos que ter uma Educação de qualidade em Goiânia. Estamos aqui, com essa ampliação, tirando 60 crianças da lista de espera. O impacto que ocorre nessa região vai acontecer em outras também. Vamos ampliar outras unidades e vamos tirar mais crianças da lista de espera”, salientou o secretário Marcelo Costa.

Adriene Cristina, da editoria de Educação e Esporte
Fotos: Aline Cavalcanti e Jackson Rodrigues

registrado em:
Fim do conteúdo da página