Ir direto para menu de acessibilidade.
Busca
Página inicial > Notícias > Unidades da rede municipal iniciam ano letivo nesta segunda-feira, 21
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Unidades da rede municipal iniciam ano letivo nesta segunda-feira, 21

Mais de 100 mil alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental retornam às aulas hoje, em ano que conta com novidades e premiações

  • Publicado: Segunda, 21 de Janeiro de 2019, 14h31
  • Última atualização em Segunda, 21 de Janeiro de 2019, 14h48

Abertura ano letivo IIDia de volta às aulas para mais de 100 mil alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental da rede municipal de Goiânia! A solenidade de abertura do ano letivo aconteceu na Escola Municipal Manoel José de Oliveira, às 07h30. Além de recepcionar as 297 crianças atendidas pela unidade, o evento foi marcado pelo anúncio de novidades previstas para o ano letivo, incluindo o prêmio Gestão Nota Dez.

 

A cerimônia contou com a presença do secretário de Educação e Esporte, Marcelo Costa, que salientou o compromisso das unidades da rede em educar com responsabilidade. Segundo ele, a gestão é feita por “quem está em sala de aula e sabe o que acontece no dia a dia de uma escola”. O secretário frisou a importância do trabalho conjunto de pais e professores na educação dos alunos. “Nós não acreditamos que a educação seja responsabilidade de um ou de outro, mas de cada um”.

 

 

Os docentes da unidade compartilharam do mesmo pensamento, como comentou a docente Cláudia. Ela espera que, ao longo do ano, “pais e escola estejam envolvidos nas atividades programadas e que as famílias estejam presentes nos projetos propostos para 2019”. Quanto ao desempenho dos alunos, os professores da unidade mostraram boas expectativas para o que será desenvolvido nos próximos meses de trabalho.

 

 

Com 20 anos de docência, a professora Janete Cunha garantiu que, após esse momento de acolhimento, os alunos devem iniciar as atividades “e ter bom aprendizado, seguindo o projeto planejado”. Está é a ideia dos primos Matheus e Yasmin, alunos do 3º ano do Ensino Fundamental. Os dois estavam animados com a volta às aulas e já se enturmaram nas atividades de acolhimento propostas para a manhã.

 

 

Matheus adora Língua Portuguesa, enquanto Yasmin tem a Matemática como sua disciplina favorita. “Gosto muito da matéria e acho que vou aprender muito”, comentou Yasmin. E ela não é a única. Aos sete anos, sua colega Sophia afirmou gostar muito de estudar e ter planos importantes para os próximos meses. “Eu espero aprender, neste ano, ainda mais do que pude no ano passado”, garantiu a menina.

 

 

Prêmio Gestão Nota Dez

 

Na ocasião, o secretário destacou a inauguração de salas modulares, além de ações previstas para 2019, como a ampliação do projeto de robótica educacional e o lançamento do Prêmio Gestão Nota Dez. A iniciativa visa à divulgação e valorização das boas práticas existentes nas instituições, gratificando as três primeiras instituições por categoria, sendo elas Centro Municipal de Educação Infantil, escola municipal e escola de tempo integral.

 

 

A premiação será feita através do Programa de Autonomia Financeira das Instituições Educacionais (Pafie) da Secretaria Municipal de Educação (SME), atribuindo aos ganhadores valores entre R$ 10.000,00 e R$ 20.000,00. O intuito é “premiar os gestores que usarem com eficiência os recursos recebidos, concedendo mais recursos para a melhoria de suas unidades”, explicou Marcelo Costa.

 

 

Vale ressaltar que, além da premiação, a Educação municipal tem a expectativa de ampliar o projeto de robótica de quatro para 60 unidades e do projeto Horta Escolar de 233 para 275 instituições. Ainda constam, entre as ações previstas, o lançamento da mascote do projeto Horta Escolar e o concurso de hortas entre as instituições. O calendário prevê 202 dias letivos, atendendo à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9394/96, finalizando as aulas em 13 de dezembro.

 

 

Atualmente, a rede municipal de educação conta com 169 escolas, 147 centros municipais de educação infantil (Cmei), 41 unidades conveniadas, com chamada pública aberta para novos credenciamentos e dois centros de apoio a inclusão (Cmai). O atendimento educacional da Prefeitura é direcionado a crianças, adolescentes, nas idades entre 0 e 14 anos; e jovens e adultos, a partir de 15 anos, na Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos (Eaja).

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página