Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Prefeitura anuncia mudanças nas matrículas escolares
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Prefeitura anuncia mudanças nas matrículas escolares

A partir de 2020, CPF da criança será obrigatório para procedimentos de cadastro, transferência e renovação de matrícula; mães trabalhadoras terão prioridade de vagas e etapas do processo foram antecipadas

  • Criado: Quinta, 03 de Outubro de 2019, 13h54
  • Publicado: Quinta, 03 de Outubro de 2019, 13h54
  • Última atualização em Quinta, 03 de Outubro de 2019, 13h54

mat 2020A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), anunciou nesta terça-feira (1/10) mudanças nas matrículas da rede municipal de ensino. Dentre elas, obrigatoriedade de novos documentos, alteração de prioridades e etapas do cadastro.

A partir de 2020, o número de CPF da própria criança será obrigatório para quem quer fazer matrículas na educação municipal, bem como alunos veteranos que queiram fazer transferência e renovação de matrículas. A mudança servirá para dar mais realidade às demandas de vagas manifestas na cidade, uma vez que a criança terá CPF único, não mais será cadastrada em nome de pais e responsáveis.

Outra mudança para 2020 é na prioridade de vagas para novatos na Educação Infantil. Até 2019, beneficiários do Bolsa Família tinham preferência na reserva de vagas. Em 2020, mães trabalhadoras que comprovarem vínculo empregatício terão 40% das vagas em Cmei e CEI. Portadores do Bolsa Família terão 20% das vagas e o restante dos 40% serão para a população geral.

Por fim, a última alteração para o próximo ano será nas etapas de matrícula. A partir do dia 1 de novembro o sistema de matrículas será aberto para que os pais e responsáveis preencham o formulário socioeconômico, antecipando esta etapa da matrícula. Quando for solicitar a vaga, o adulto deverá somente colocar o CPF da criança e selecionar as instituições preferidas. Essa medida foi adotada para otimizar a requisição de vagas e não sobrecarregar o sistema de matrículas.

O período de matrículas na rede municipal terá início no dia 3 de dezembro para o Ensino Fundamental e no dia 17 de dezembro para a Educação Infantil. No momento, é realizado estudo de rede para fazer o levantamento de quantas vagas serão ofertadas no próximo ano letivo.

Núbia Alves, da editoria de Educação e Esporte

registrado em:
Fim do conteúdo da página