Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Educação Municipal destaca os grandes avanços de 2019
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Educação Municipal destaca os grandes avanços de 2019

Secretaria Municipal de Educação e Esporte fecha 2019 com destaque na retomada de unidades, além de implantação de salas modulares que permitiu aumento na oferta de vagas

  • Criado: Sexta, 03 de Janeiro de 2020, 16h07
  • Publicado: Sexta, 03 de Janeiro de 2020, 16h07
  • Última atualização em Sexta, 03 de Janeiro de 2020, 16h27

 DSC5943A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) divulga balanço geral da gestão administrativa de 2019. As diversas ações do ano foram desenvolvidas com base na ampliação de vagas com salas modulares, valorização dos profissionais docentes e administrativos, obras e reformas em unidades educacionais, além da retomada de obras paralisadas na gestão anterior e novas propostas pedagógicas, com projetos levados para as instituições, com objetivo de ampliar os conhecimentos através de inovações das metodologias e o uso da tecnologia.

Valorização profissional

Em 2019, os professores da rede municipal receberam o retroativo referente à diferença do piso salarial de 2014. A Prefeitura de Goiânia também concedeu a revisão da data-base referente a 2017 e 2018 aos servidores administrativos. O reajuste obedece o Índice de Preços do Consumidor Ampliado (IPCA) acumulado até abril de 2017 e abril de 2018, calculados em 4,08% e 2,76%, respectivamente.

O prefeito Iris Rezende concedeu o aumento de 4,17% no piso salarial dos professores da rede municipal. O reajuste contempla o salário-base, gratificação de regência e auxílio locomoção dos cerca de 10 mil docentes da rede. Além disso, o Prefeito concedeu progressões a 5.802 professores da rede municipal de ensino. A progressão funcional é a movimentação do servidor na carreira prevista para o cargo que ocupa.

Obras e serviços

IMG 8318 1O ano que se encerra foi de retomada e início de obras, depois de duro ajuste fiscal promovido pelo prefeito Iris Rezende. Desde o início da gestão, foram construídos 7 centros municipais de Educação Infantil (Cmei) e uma escola de tempo integral. São eles: Cmei João Paulo I, Cmei Evangelina Pereira da Costa, Cmei Governador Olinto de Paula Leite, CEI Suely Pascoal, Cmei Jardim Europa II, Cmei Lar Fabiano de Cristo, Cmei Jardim América II e Escola Municipal de Tempo Integral Professora Lousinha.

Além disso, a Prefeitura de Goiânia transformou em período integral o funcionamento da Escola Municipal Sebastião Arantes. Outra maneira encontrada para ampliar o número de vagas da Educação Infantil foi a implantação de 38 salas modulares. Somando todos estes avanços, a gestão atual já ampliou em aproximadamente duas mil novas vagas para a Educação Infantil (6 meses a 5 anos).

Escola Viva

Além da construção de novas unidades, a SME mantém o Programa Escola Viva, que consiste na manutenção predial das instituições de ensino (manutenção elétrica e hidráulica, troca de telha, pintura, etc), com repasse de verba feito diretamente para os conselhos gestores de cada unidade. Desde 2017, todas as instituições recebem todo ano a verba oriunda do Escola Viva. Esse ano todas as instituições que possuem conselho gestor receberam verbas para manutenção predial, sendo 148 Cmei e 163 escolas.

Escola Acessível

Todas as instituições que possuem conselho gestor receberam verbas para adequações de acessibilidade

Projetos e ações pedagógicas

1jornalismo1 8Dentre os inúmeros projetos e ações pedagógicas desenvolvidos nas instituições, é possível destacar alguns que tiveram grande ênfase neste ano. Lembrando, que para 2020, o objetivo é continuar ampliando essas ações em mais instituições, oferecendo aos alunos ensino de qualidade e inovador.

O Projeto Makers – Robótica Educacional tem por objetivo capacitar e oferecer suporte aos professores da rede municipal de Educação para inserir atividades deste tema em diversas disciplinas. Em busca de desenvolver conhecimentos básicos de mecânica, cinemática, hidráulica, informática e inteligência artificial, são utilizados recursos pedagógicos para que se estabeleça um ambiente escolar agradável.

O Projeto Aula Digital é parte integrante do ProFuturo, programa global criado pela Fundação Telefônica e Fundação Bancária La Caixa, presente em países da África, Ásia e América Latina. O intuito é melhorar as oportunidades das crianças, incorporando a inovação nas escolas por meio da tecnologia e novas metodologias de ensino e aprendizagem.

O Projeto Horta Escolar estimula o respeito ao meio ambiente por meio da sustentabilidade. As mudas e sementes são semeadas em hortas convencionais e estruturas feitas com materiais reciclados, tais como alvenaria, pneus e vasos. As espécies mais comuns são cebolinha, alface, couve, acelga, pimenta-de-cheiro, pimenta, entre outros que, a propósito, são usados na merenda dos educandos.

O Projeto Ciência Itinerante, que tem como objetivo aproximar os alunos da Educação Básica da rede pública municipal com o fazer científico e popularizar a ciência. O programa é desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec) e a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG).

A SME encerra o ano satisfeita com os excelentes resultados das participações dos alunos da rede em diversas olimpíadas ao longo do ano. Em muitas destas, foram conquistadas 109 medalhas, menções honrosas e muitos chegaram a fases finais, vivenciando novas experiências e desafios. Os resultados comprovam o empenho do ensino oferecido, dedicação e o estímulo ao mundo da ciência, tecnologia, leitura e escrita.

IMG 7449O “Coral Vozes em Canto” é um projeto que visa possibilitar o processo de musicalização de educandos das escolas municipais através da prática do Canto Coral, buscando o desenvolvimento global do educando. Esse ano o Coral Vozes em Canto participou de inúmeras apresentações, encantando alunos e comunidade.

Programa Saúde na Escola Dentre as ações desenvolvidas nas instituições estão: o combate ao Aedes aegypti, práticas corporais e de atividade física, prevenção ao uso de drogas, cultura de paz, promoção dos direitos humanos, prevenção de violências e acidentes, promoção e prevenção de saúde bucal, atualização de vacinas, alimentação saudável, saúde auditiva, direito sexual e reprodutivo e saúde ocular.

O Projeto Educação pelos Parques trabalhou em 2019 com a ação “Educação pelos parques vai às escolas: plantando árvores, colhendo vidas”. A ideia é intensificar o conhecimento sobre a flora do cerrado, além do próprio respeito à natureza, por meio do plantio e contato direto com as espécies.

Os contadores de histórias, também é um projeto levado as instituições, a ação é desenvolvida pela Gerência de Projetos Educacionais da SME, com objetivo de ampliar a prática da contação de histórias e o incentivo a leitura. A prática que contribui para o desenvolvimento do pensamento humano, capaz de aguçar o senso crítico e despertar o prazer pela leitura e pela literatura.

Atendimento

A Prefeitura de Goiânia conta com quatro modalidades de ensino, nas quais, juntas, ofereceram em 2019 cerca de 104.611 vagas nas instituições de ensino por meio da SME.

Para 2020, com a inauguração das 11 obras de Cmei paralisadas na gestão anterior e estão sendo retomadas, a previsão é de ofertar mais duas mil vagas. Além disso, há o planejamento para instalação de mais cem salas modulares e a construção de mais 25 novos Cmei, já autorizados pelo prefeito Iris Rezende.

Ao todo, serão mais seis mil vagas à disposição da população. Os bons resultados em olimpíadas e projetos, obtidos em 2019, são a culminância do empenho e dedicação conjuntos em prol do mesmo objetivo: a busca do ensino público de qualidade.

 

Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte

Fotos: Arquivos da SME

registrado em:
Fim do conteúdo da página